top of page

Impacto da greve dos auditores fiscais na sua empresa: Entenda e mitigue os riscos

Um avião estacionado no aeroporto aguardando ser carregado
Greve dos auditores fiscais já impacta o setor comercial

A greve dos auditores fiscais da Receita Federal iniciada em 20 de novembro tem causado repercussões significativas para o setor empresarial, especialmente para aqueles que dependem de operações de importação e exportação.


Com filas de cargas se acumulando em portos e aeroportos devido à falta de liberação alfandegária, empresas por todo o país estão enfrentando atrasos e complicações logísticas. Entender o cenário e buscar soluções se torna essencial para mitigar os impactos negativos em seu negócio.


Entendendo o contexto e seus efeitos

Os auditores fiscais desempenham um papel crucial na liberação de mercadorias nas alfândegas. Sem sua atuação, cargas importantes ficam retidas, o que pode resultar em atrasos nas cadeias de suprimentos, aumento de custos com armazenamento e potenciais perdas de negócios. Para empresas que operam em ambientes de tempo crítico, os efeitos podem ser ainda mais devastadores.


A resposta jurídica e institucional

Apesar da paralisação, os Tribunais Superiores já estabeleceram que serviços públicos essenciais não devem ser interrompidos durante greves. Isso significa que, teoricamente, a liberação alfandegária deve prosseguir, independentemente da paralisação dos auditores fiscais. Na prática, porém, muitas empresas ainda enfrentam atrasos. O Judiciário tem atuado caso a caso, buscando minimizar os impactos negativos da greve. Empresas afetadas estão buscando medidas legais para garantir a continuidade de suas operações, uma estratégia que pode ser eficaz, mas requer agilidade e conhecimento jurídico adequado.


O que sua empresa pode fazer?


  • Monitoramento constante: Mantenha-se informado sobre o desenvolvimento da greve e possíveis soluções legais.

  • Consultoria jurídica: Avalie a possibilidade de buscar intervenções judiciais para garantir a liberação de suas cargas.

  • Planejamento de contingência: Desenvolva planos alternativos para sua cadeia logística, considerando outros modos ou rotas de transporte.

  • Comunicação efetiva: Mantenha canais de comunicação claros e eficientes com parceiros de negócios, fornecedores e clientes, informando-os sobre possíveis atrasos e medidas sendo tomadas.


A greve dos auditores fiscais é um lembrete da vulnerabilidade das cadeias de suprimentos globais a fatores externos. Enquanto o setor empresarial aguarda uma resolução, a adoção de uma postura proativa e informada é a melhor estratégia para navegar por este período desafiador e minimizar seus impactos no seu negócio.

Comments


bottom of page