top of page

Como embalar e rotular cargas para remessas internacionais: práticas recomendadas

Atualizado: 11 de ago. de 2023


Dentro de um processo de exportação, um detalhe fundamental é a embalagem e a rotulação correta da remessa internacional. Por isso, uma pergunta comum é: como embalar e rotular a carga em questão?



Para ajudar quem tem esse tipo de dúvida, separamos aqui alguns pontos sobre essa pergunta.


Assim, será possível entender como fazer o procedimento da melhor maneira, garantindo que a remessa chegue nas melhores condições, após uma entrega segura e eficiente, seja ela feita por meio rodoviário, aéreo ou marítimo.


TAMANHO E QUALIDADE DA EMBALAGEM


O primeiro ponto essencial é escolher bem o tamanho da embalagem, garantindo que o produto, seja grande, médio ou pequeno, vá de maneira bem distribuída na caixa, com todos os elementos de proteção necessários para que chegue em boas condições.


Dentro disso, também é importante se certificar que a embalagem é feita com material de qualidade, evitando que qualquer mínimo impacto ou problema na logística internacional para o processo possa trazer uma quebra ou outro problema com a remessa.


DISTRIBUIÇÃO CORRETA DE PESO DA EMBALAGEM


Outro detalhe essencial é se preocupar com a distribuição do peso na embalagem que chega até os agentes de carga. Não deixar que objetos mais pesados se sobreponham sobre outros mais leves e frágeis é essencial.


Por isso, é fundamental garantir que a distribuição pelas caixas leve em conta os diferentes pesos e características da remessa. Se for um produto único, com mesmo peso, certifique-se de que a caixa aguenta o peso em questão e distribua em quantidades adequadas para cada compartimento.


Além disso tudo, é necessário pensar também em qual tipo de plataforma será levada a remessa. Podem ser contâiners, podem ser os pallets, que são espécie de estrado, ou outro. O importante é escolher de acordo com o que a remessa exige para que haja qualidade e segurança.


ROTULAÇÃO DA REMESSA


Em relação ao processo de rotulação, não se pode errar. Afinal, se não houver conformidade com as regras do país para o qual a remessa está sendo enviada, é possível que haja a retenção do pacote em questão.


Por isso, o mais importante é conhecer as exigências de cada território recebedor da exportação. Geralmente, será preciso ter a rotulação com informações detalhadas em inglês, já que esta é a língua principal.


Informações sobre a remessa em questão, como peso, detalhes sobre formato e outros também serão necessárias. Resumidamente, tudo que compõem a remessa precisa ser explicado para que haja um controle correto da carga em questão. É importante, de qualquer maneira, que o processo de logística integrada seja bem trabalhada, com ajuda especializada se necessário.


Estes são alguns dos detalhes sobre embalagem e rótulo de remessas internacionais. É preciso seguir estes passos para garantir, além da entrada sem problemas no destino, a chegada em segurança da carga, sem quaisquer riscos de quebra ou danificação.


Se você quer ter a melhor logística, com uma coordenação impecável dos processos, trazendo agilidade e eficiência, além de uma enorme capacidade de monitoramento de cada passo, conte com a FS Logistics. Estamos juntos com você para que sua exportação e importação seja a mais segura e completa possível.


12 visualizações0 comentário

Commenti


bottom of page